sexta-feira, 25 de julho de 2014

Barragem de Pedras Altas do Mirim está prestes de sangrar

Na manhã desta quinta-feira, 24 de julho de 2014, recebemos uma informação que a Barragem de Pedras do Mirim, com capacidade para 39 milhões de metros cúbicos de água está prestes a sangrar. As chuvas registradas nos últimos meses, somadas a dos últimos dias, elevaram bastante o nível da Barragem, responsável hoje pelo abastecimento de toda adutora do sisal.
Vale citar ainda que as comportas que foi um anseio de representantes das comunidades ribeirinhas que liga Pedras Altas a cidade de Queimadas, por conta do Rio Itapicuru Mirim ter secado no período da seca, voltaram a ser abertas na terça-feira, 22, mas segundo informações já foram fechadas. 
Com a abertura das comportas, a chamada Barragem grande recebeu muita água, com parte do Rio também sendo beneficiado.
Fonte: Agmar Rios

quarta-feira, 23 de julho de 2014

Morre no Recife, aos 87 anos, o escritor Ariano Suassuna

Ele sofreu um AVC na noite de segunda-feira e passou por cirurgia.
Nascido na Paraíba, ele vivia no Recife desde 1942.

Morreu no Recife, nesta quarta-feira (23), o escritor, dramaturgo e poeta paraibano Ariano Suassuna, aos 87 anos. Ele estava internado desde a noite de segunda (21) na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Português, onde foi submetido a uma cirurgia na mesma noite após sofrer um acidente vascular cerebral (AVC) do tipo hemorrágico.
A cirurgia durou aproximadamente uma hora e ele havia passado a noite bem, sendo transferido para a UTI neurológica. A operação foi feita para a colocação de dois drenos que controlariam a pressão intracraniana. Na noite de terça-feira (22), o quadro dele se agravou, devido a "queda da pressão arterial e pressão intracraniana muito elevada", conforme foi informado em boletim.
Em 2013, Ariano foi internado duas vezes. A primeira delas em 21 de agosto, quando sentiu-se mal após sofrer um infarto agudo do miocárdio de pequenas proporções, de acordo com os médicos, e ficou internado na unidade coronária, mas depois foi transferido para um apartamento no hospital. Recebeu alta após seis dias, com recomendação de repouso e nenhuma visita.
Dias depois, um aneurisma cerebral o levou de volta ao hospital. Uma arteriografia foi feita para tratamento e ele saiu da UTI para um apartamento do hospital, de onde recebeu alta seis dias depois da internação, no dia 4 de setembro.
Fonte: G1.com

terça-feira, 22 de julho de 2014

Dunga está de volta à Seleção

Técnico substitui Luiz Felipe Scolari quatro após ter sido demitido pela CBF e vibra com nova oportunidade "É uma grande felicidade". Técnico fará estreia em setembro

Quatro anos após ser demitido por Ricardo Teixeira do comando da seleção brasileira, o técnico Dunga está de volta. Nesta terça-feira, em coletiva de imprensa na sede da CBF, na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio de Janeiro, o capitão do tetra em 1994 foi apresentado como novo treinador da equipe pentacampeã. O anúncio foi feito pelo presidente da entidade, José Maria Marin, e pelo coordenador Gilmar Rinaldi. Apesar da rejeição em diversas enquetes, Dunga mostrou-se confiante em recuperar o prestígio junto aos torcedores.
- A pesquisa está aí para ser derrubada. Eu acredito muito no torcedor brasileiro, no carinho que o torcedor tem pela seleção brasileira. Como falei, não sinto essa tamanha rejeição pelo o que está se falando por onde eu passo. Toca a nós mudarmos a opinião das pessoas. Vimos que muitas enquetes que foram colocadas, as pessoas deram um jeito de mudar essas enquetes. Minha meta é mudar a maneira das pessoas pensarem a meu respeito. Nelson Mandela tinha tudo contra e conseguiu mudar a forma das pessoas de pensar com paciência. Espero que eu possa ter 1% da paciência dele. Eu não penso em mim, penso na seleção brasileira. Se a Seleção estiver bem, eu vou estar bem, estar feliz. Tem muito sacrifício, mas a alegria e satisfação é bem maior - disse o novo treinador.
O presidente José Maria Marin explicou sua escolha pelo capitão do tetra, em 1994, dizendo que a escolha foi uma unanimidade entre ele, Del Nero, Gilmar Rinaldi.
- É um atleta que foi campeão do mundo, foi capitão de uma seleção campeã, demonstrou capacidade para dirigir a seleção brasileira. Ficou demonstrada através de números, não apenas por palavras, que possui todos os requisitos e capacidade para dirigir novamente a seleção brasileira. Foi uma escolha feita através da participação de todos que estão nesta mesa, numa demonstração de unidade e total integração, visando grandes conquistas no futuro. Um homem experimentado, tanto como atleta no campo, como fora dele. E todos nós nesta mesa depositamos total confiança na sua competência e capacidade de trabalho - disse Marin.
Dunga agradeceu a confiança e afirmou que não vai descartar todo o trabalho da Copa do Mundo, mas deve mudar alguns pontos. Inclusive de sua personalidade.
- É uma grande felicidade. Vamos trabalhar juntos com as categorias de base, com o Gallo, e a coordenação do Gilmar. A CBF está nesse planejamento há dois anos e vamos dar sequência. Não precisamos fazer dessa Copa do Mundo terra arrasada, há coisas que podem ficar. A gente viu na Copa que é importante o talento, mas o planejamento também. Como é importante o marketing, mas que o resultado dentro de campo também.
Entre outros assuntos, o treinador elogiou bastante algumas seleções da Copa do Mundo, como Alemanha, Holanda e Colômbia; quando se equivocou e falou sobre um "Jimenez" em referência clara ao apoiador James Rodríguez.
Fonte: G1.com

sábado, 19 de julho de 2014

Corpo do escritor Rubem Alves é velado na Câmara de Campinas

Ele teve falência múltipla de órgãos e morreu na manhã deste sábado.
Educador deixou carta para descrever como gostaria que fosse cerimônia.


O corpo do escritor Rubem Alves começou a ser velado na Câmara de Vereadores de Campinas (SP), na noite deste sábado (19). O educador estava internado desde 10 de julho em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e morreu no fim da manhã após falência múltipla de órgãos. Ele era casado com Lidia Nopper Alves e deixa três filhos.
Inicialmente, a previsão era que a cerimônia iniciasse às 18h na sede do Legislativo da cidade, mas, segundo um dos filhos do escritor, Marcos Nopper Alves, houve atraso na liberação do corpo, que chegou às 21h35. Cerca de 100 pessoas acompanhavam.
"Ele sempre foi um pai maravilhoso, sempre esteve ao lado da família, foi preocupado com os filhos, com os netos. O legado que ele deixa é o legado da simplicidade. Ter mostrado que com as coisas simples, com o vento, as árvores, a gente pode ser muito feliz", disse o filho, de 52 anos.


Desejo pós-morte
Há três anos, Alves entregou uma carta de 10 páginas aos filhos para descrever como gostaria que fosse a cerimônia de morte dele, revelou Raquel Alves, filha do escritor. No texto, ele pediu para ser cremado e ter as cinzas jogadas embaixo de um ipê amarelo enquanto são lidos textos de seus poetas preferidos, como Cecília Meireles e Fernando Pessoa.


Fonte: G1.com

quinta-feira, 17 de julho de 2014

Ex-árbitro, Armando Marques morre aos 84 anos de insuficiência renal

Com carreira marcada por polêmicas, ex-presidente da Comissão Nacional de Arbitragem não resiste a quadro grave e falece após internação no Rio de Janeiro

Ex-árbitro e ex-presidente da Comissão Nacional de Arbitragem e com carreira marcada por jogos polêmicos, Armando Marques faleceu, na madrugada dessa quarta-feira, dia 16, no Rio de Janeiro, aos 84 anos. De acordo com informações da assessoria de comunicação da Secretaria de Saúde do Município do Rio de Janeiro, ele deu entrada no CER Leblon (Coordenação de emergência regional), na Zona Sul do Rio de Janeiro, na terça-feira, com um quadro muito grave de insuficiência renal e não resistiu. 
A carreira de Armando Marques foi marcada por polêmicas e jogos importantes. Apitou as decisões de edições de Taça Brasil e Torneio Roberto Gomes Pedrosa na década de 1960, Campeonatos Brasileiros de 70, 71, 73 e 74, além das finais dos Cariocas de 1962, 65, 68, 69 e 76, dos Paulistas de 1967, 71 e 73 e do Campeonato Mineiro de 1967.
Enquanto apitou, gozou de muito prestígio entre os árbitros brasileiros. Apesar disso, protagonizou alguns erros históricos. Em 1971, anulou um gol legal do palmeirense Leivinha que ajudou o São Paulo a ser o campeão paulista daquele ano. Dois anos depois, também pelo Paulistão, encerrou a cobrança de pênaltis quando o Santos vencia por 2 a 0, e a Portuguesa ainda tinha possibilidade de empate (veja o vídeo ao lado). O equívoco resultou na divisão do título entre as equipes. Já em 1974, na final do Brasileirão entre Vasco e Cruzeiro, o time carioca, que acabou campeão, vencia por 2 a 1 quando Armando Marques anulou um gol considerado legítimo do cruzeirense Zé Carlos. 
Em âmbito internacional, Marques apitou o jogo inaugural do Estádio Olímpico de Munique, na Alemanha, em 1972, em jogo entre a seleção alemã e a União Soviética. 
Com o fim da carreira no apito, chegou a apresentar um programa na extinta TV Manchete em 1993. 
Depois de oito anos no comando da Comissão Nacional de Arbitragem, Armando Marques se desligou da entidade em 2005. Ele não resistiu à crise após as denúncias sobre manipulação de resultados no Campeonato Brasileiro, envolvendo os árbitros Edílson Pereira de Carvalho e Paulo José Danelon, e os empresários Nagib Fayad, o 'Gibão', e Wanderlei Pololi. Além de ser acusado de omissão, ele teria mentido ao dizer que o árbitro Edilson Pereira de Carvalho tinha sido integrado ao quadro da Fifa durante a gestão de Ivens Mendes na Comissão Nacional de Arbitragem.
Recentemente, em abril deste ano, concedeu entrevista a Jô Soares em seu programa. Já aparentando fragilidade física, Armando Marques levou a plateia aos risos quando admitiu os erros de sua carreira, falou de Neymar e ainda fez piadas. 
Fonte: G1.com

Gilmar Rinaldi é o novo coordenador de seleções; técnico será brasileiro

Ex-goleiro da seleção brasileira é o primeiro nome confirmado nas mudanças no comando verde-amarelo depois do fracasso na Copa do Mundo

O presidente da CBF, José Maria Marin, anunciou na manhã desta quinta-feira que o ex-goleiro Gilmar Rinaldi será o coordenador de seleções da entidade – cargo antes inexistente. Ele decidirá, junto com o comando do órgão, o nome do substituto de Luiz Felipe Scolari, que não teve o contrato renovado depois do fracasso na Copa do Mundo. O novo técnico deve ser confirmado no início da próxima semana e, pelo que foi afirmado na entrevista coletiva, no Rio de Janeiro, não será estrangeiro.
- É importante que o treinador, que vai ser escolhido em conjunto com o presidente, esteja em sintonia direta conosco. Vamos viajar muito, assistir a jogos, treinamentos e interagir com treinadores. Precisamos saber o que está acontecendo. Precisamos adaptar o que está acontecendo ao nosso estilo e à nossa cultura - afirmou o novo coordenador.
Integrante do elenco tetracampeão mundial em 1994, Gilmar Rinaldi, 55 anos, já exerceu cargo diretivo no Flamengo, um dos clubes onde atuou – também passou por Inter, São Paulo e Cerezo Osaka, do Japão. Depois de aposentado, trabalhou como empresário, gerenciando a carreira de jogadores. Em sua primeira manifestação, Gilmar disse que não haverá conflito ético no novo cargo, visto que deixou de ser agente.
- Quero deixar bem claro que minha atividade de agente de futebol não existe mais - disse ele.
Segundo Gilmar Rinaldi, já existe uma ideia inicial sobre quem será o novo treinador.
- Conversamos algumas coisas e estamos em contato. Traçamos um perfil e vamos conversar com essa pessoa. O mais importante é definir o que nós queremos e o perfil desta pessoa que queremos. Temos que reconhecer que precisamos mudar. Temos amistosos em breve. Não temos tempo para pensar, é hora de trabalhar.
A expectativa de Marin é anunciar o novo técnico até terça-feira. 
- Nós pensamos (em anunciar o novo técnico) no início da próxima semana, talvez. Depende de algumas conversas que vamos ter neste fim de semana e esperamos até terça-feira (fazer o anúncio). É muito importante que o treinador, além da sua capacidade técnica, esteja dentro do que foi exposto aqui. O Gilmar vai participar ativamente desta escolha. Esperamos, no mais tardar, estar aqui na terça-feira para apresentar o novo treinador.
Confira abaixo alguns pontos abordados por Gilmar Rinaldi em sua coletiva de apresentação:
Fonte: G1.com

Amargosa: Criança de 1 ano é atingida na cabeça por tiro durante troca de tiros entre policiais e bandidos

Uma criança de apenas 1 ano e meio é atingida na cabeça por tiro em troca de tiros entre policiais e bandidos. A operação da Polícia Civil aconteceu na tarde desta quarta-feira, 16 de julho de 2014, no bairro da Cariara, em Amargosa.
A Mãe da Criança conversou com a equipe do AmargosaNews, em desespero ela informou que sua filha estava dentro de casa, quando um bandido invadiu sua casa fugindo da polícia, e logo após sua filha foi atingida na cabeça por um tiro. 
De acordo com a Mãe da criança, o disparo teria vindo das armas dos policiais. A criança foi transferida para Salvador em estado gravíssimo. Este ocorrido que supostamente motivou a invasão e depredação da Delegacia da Polícia Civil. 
Em meio a fogo e corre-corre, reforços chegam e várias viaturas da Polícia estão na Catiara. Várias viaturas da Polícia Militar estão chegando na cidade.
Além da delegacia e dos carros que estavam estacionados na frente da mesma, populares atearam fogo em uma Combi e em um caminhão da Coelba na avenida São Cristóvão, no bairro da Cariara, as chamas estão à cerca de 7 metros de altura. Segundo informações, cerca de 6 viaturas da policiais estão na Catiara na tentativa de controlar a situação.
Fonte: Agmar Rios

quarta-feira, 16 de julho de 2014

Gavião – Após 29 anos de emancipado, município recebe pela primeira vez a visita de um governador

A assinatura da ordem de serviço em Gavião será o primeiro ato com a presença do governado Jaques Wagner no território do Jacuípe no período eleitoral onde estão os candidatos a cargos eletivos estão proibidos de subir nos palanques.

Com 29 anos de emancipado, o município de Gavião, localizado no território do Vale do Jacuípe, irá receber nesta sexta-feira (18), pela primeira vez a visita de um governador do Estado. Jaques Wagner (PT) chegará a cidade ás 09hs e no palanque armado próximo à sede da Prefeitura, recentemente inaugurada, assinará ordem de serviço para construção de um sistema de abastecimento d’água que sairá da rede principal da adutora de São José e beneficiara as comunidades de Alagoinhas, Caldeirãozinho, Sitio dos Patos, Canela Dema, Cajá, Umburana e Caldeirão, numa extensão de 16 km, onde reside 174 famílias.

Com uma área territorial de 336,8,3 km² e Gavião limita-se com os municípios de Nova FátimaSão José do JacuípeCapela do Alto Alegre e Capim Grosso. Gavião teve sua emancipação político-administrativa em 19 de março de 1985, sendo desmembrado do município de Riachão do Jacuípe, de acordo com a lei nº 4.410, assinada pelo então governador João Durval, que foi ao município após deixar o governo.
A assinatura da ordem de serviço em Gavião será o primeiro ato com a presença do governado Jaques Wagner no território do Jacuípe no período eleitoral onde estão os candidatos a cargos eletivos estão proibidos de subir nos palanques. A regra consta da Lei das Eleições (Lei 9.504/87), que normatiza o processo eleitoral.
Redação: CN

Cidades menores somam 66% do potencial de votos em disputa na BA

A Bahia é tão grande que esses municípios não podem ser desprezados. Todo município é um voto em potencial”, conta Maurício Amaral, coordenador de Eleições do TRE. Sergipe, por exemplo, até 2013 tinha 1.416.809 de eleitores.

São 10.185.416 milhões de votos em disputa por seis candidatos ao cargo de governador da Bahia, segundo dados obtidos junto ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE). Dos 417 municípios do estado, em 407 estão 6.749.352 milhões de eleitores, ou 66,2% do total. São cidades em que o número de pessoas com título regularizado varia de 97.482 mil, como em Teixeira de Freitas, na região sul, até os 2.771 mil de Catolândia, oeste baiano. “Em uma eleição proporcional, geral, esses municípios representam um eleitorado mais importante até do que o total de outros estados. A Bahia é tão grande que esses municípios não podem ser desprezados. Todo município é um voto em potencial”, conta Maurício Amaral, coordenador de Eleições do TRE. Sergipe, por exemplo, até 2013 tinha 1.416.809 de eleitores. 
Fonte:CN*Informação: 

segunda-feira, 14 de julho de 2014

CBF confirma saída de Luiz Felipe Scolari da seleção brasileira

Em nota, entidade diz que o presidente Marin aceitou o pedido de demissão do treinador e de toda comissão técnica. Dirigente agradece pelo trabalho prestado

A CBF confirmou no início da noite desta segunda-feira que o técnico Luiz Felipe Scolari não é mais o técnico da seleção brasileira. A entidade confirmou que aceitou o pedido de demissão do treinador e de toda a comissão técnica que comandou o Brasil na Copa do Mundo, feito após a derrota para a Holanda, no último sábado, em Brasília.  
O pedido de demissão foi aceito pelo presidente Marin, que fez questão de agradecer a todos os integrantes da comissão e aos jogadores e também, por extensão, aos torcedores brasileiros pelo resgate da autoestima e pela demonstração de amor à Seleção Brasileira durante toda a campanha da Copa do Mundo.
- O Scolari e toda a sua comissão técnica merecem o nosso respeito e agradecimento. Eles foram responsáveis por devolver ao povo brasileiro o seu amor pela Seleção, mesmo não tendo conseguido o nosso objetivo maior - disse Marin, ao site da CBF. 
Em nota emitida pela CBF, o presidente José Maria Marin e o vice-presidente Marco Polo Del Nero afirmam que, graças ao trabalho do treinador, da comissão técnica e dos jogadores, os brasileiros voltaram a ter orgulho da seleção brasileira. 

- Vimos nas ruas o povo vestido de verde-amarelo, exibindo a bandeira nacional com orgulho e mostrando sua paixão pela seleção brasileira como há muito tempo não acontecia. Claro que essa comissão técnica e esses jogadores contribuíram decisivamente para que esse sentimento voltasse. A todos eles, portanto, o nosso renovado agradecimento. 

Na próxima quinta-feira, José Maria Marin vai conceder entrevista coletiva na sede da CBF. Já com um novo comandante, uma vez que Scolari não permanecerá na CBF, a Seleção volta a campo para amistosos em setembro, nos Estados Unidos. No dia 5, enfrenta a Colômbia, em Miami. Quatro dias depois, o adversário será o Equador, em Nova Jersey.
Fonte: g1.com